Clique para ir ao início Universidade de Brasília - UnB
Decanato de Ensino de Graduação - DEG
Secretaria de Administração Acadêmica - SAA
MatrículaWeb
GRADUAÇÃO
  Seja bem-vindo(a).
  Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
MatrículaWeb  clique aqui para fazer o login.
 


Período Atual
2019/2


Disciplina - Listagem de Ementa/Programa
Disciplina: 199371 - Introdução ao Desenvolvimento Sustentável
(Ver Oferta)

Graduação

Curso
Oferta
Telefones
Calendário
Mensagem da SAA
Benefícios DAC


Órgão: CDS - Centro de Desenvolvimento Sustentável
Código: 199371
Denominação: Introdução ao Desenvolvimento Sustentável
Nível: Graduação
Vigência: 1971/2
Pré-req: Disciplina sem pré-requisitos
Ementa:

A disciplina foi desenhada para apresentar os principais debates relacionados ao tema do Desenvolvimento Sustentável (DS), de forma compreensível e útil para as diversas áreas do conhecimento, bem como demonstrar a necessidade da interdisciplinaridade no trato das questões ambientais. São considerados aspectos conceituais, temáticos, analíticos e institucionais, bem como algumas ferramentas e instrumentos fundamentais para a implementação de ações e práticas que tenham o DS como objetivo. De forma crítica, o curso salienta os temas mais importantes da interação sociedade-natureza e das suas relações com as principais problemáticas atuais.

O curso é realizado por meio de aulas expositivas ministradas pelos professores do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável do CDS/UnB e utiliza-se de recursos audiovisuais e dinâmicas de grupo para discussão das temáticas abordadas, bem como de visitas técnicas de campo.

Bibliografia:

Bibliografia Básica

BURSZTYN, Marcel; PERSEGONA, Marcelo Felipe Moreira. A grande transformação ambiental: uma cronologia da dialética homem-natureza. Rio de Janeiro: Garamond, 2008. 407 p. ISBN 85-7617-137-9.



Bibliografia Complementar

AMAZONAS, M. 2012. Economia verde e rio + 20: recortando o desenvolvimento sustentável. Rev. NECAT. 1 (2), http://incubadora.periodicos.ufsc.br/index.php/necat/article/view/2236

BOFF, L. 2012. Sustentabilidade. O que é, o que não é. Petrópolis: Ed. Vozes. 200p.

BURSZTYN, M.; BURSZTYN, M. A. 2012. Fundamentos de política e gestão ambiental. Caminhos para a sustentabilidade. Rio de Janeiro: Garamond. 599p

BURSZTYN, Maria Augusta Almeida. Gestao ambiental: Instrumentos e praticas. Brasília : Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, 1994. 175 p.

D'ALISA, G.; DEMARIA, F.; KALLIS, G. (org.) 2016. Decrescimento: vocabulário para um novo mundo. Porto Alegre: Tomo Editorial

DA VEIGA, J. E. 2005. Desenvolvimento sustentável: o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Garamond. 200p.

DA VEIGA, J. E. 2010. Indicadores de sustentabilidade. Estudos Avançados 24 (68): 39-52. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142010000100006

FOLKE, Carl. "Respeitando os Limites Planetários e nos Reconectando à Biosfera". In: ASSADOURIAN, Erik & PRUGH, Tom (org.) Estado do mundo 2013: A Sustentabilidade Ainda é Possível? Universidade Livre da Mata Atlântica: Salvador, BA: Uma Ed., 2013. Pp. 19-27.

GUDYNAS, E. 2011. Buen vivir. Germinando alternativas al desarrollo. America latina em Movimento. 462. http://www.alainet.org/es/active/48052

HOPWOOD, B.; MELLOR, M.; O'BRIEN, G. 2005. Sustainable development: mapping different approaches. Sustainable Development. 13: 38-52. DOI: 10.1002/sd.244. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/sd.244/abstract

HUANACUNI, F. M. 2010. Buen Vivir / Vivir Bien. Filosofía, políticas, estrategias y experiencias regionales andinas. Lima: Coordinadora Andina de Organizaciones Indígenas - CAOI. 80 p. http://www.dhl.hegoa.ehu.es/recursos/733

LATOUCHE, S. 2009. O decrescimento, uma utopia concreta. In LATOUCHE. S. Pequeno tratado do decrescimento sereno. São Paulo: Editora WMF, 47-92

MARTÍNEZ-ALLIER, J. 2007. "Correntes do ecologismo". In MARTÍNEZ-ALLIER, J. 2007. O ecologismo dos pobres: conflitos ambientais e linguagem de valoração. São Paulo: Ed. Contexto. P. 21 a 39.

NASCIMENTO, E. 2012.Trajetória da sustentabilidade: do ambiental ao social, do social ao econômico. ESTUDOS AVANÇADOS 26 (74), p. 51-64. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142012000100005

NOBRE, M.; AMAZONAS, M. Desenvolvimento Sustentável. Um conceito em institucionalização. Brasília: Ibama, 2002.

OLIVEIRA, E. R. s/d. "Ciências Ambientais, Interdisciplinaridade e Sustentabilidade". http://www.cpgls.pucgoias.edu.br/8mostra/Artigos/SOCIAIS%20APLICADAS/Ciencias%20Ambientais%20Interdisciplinaridade%20e%20Sustent.pdf

SACHS, W. (org.) 2000. Dicionário do desenvolvimento. Guia para o conhecimento como poder. Petrópolis: Ed. Vozes. 399p.

VIEIRA, J. E.; MORAIS, R. P. de. 2003. A interdisciplinaridade na abordagem das questões ambientais. Comun. Inf., v. 6, n. 2, p.31-47. https://www.revistas.ufg.br/ci/article/viewFile/24207/14081

© 2019 CPD - Centro de Informática
UnB - Universidade de Brasília