Clique para ir ao início Universidade de Brasília - UnB
Decanato de Ensino de Graduação - DEG
Secretaria de Administração Acadêmica - SAA
MatrículaWeb
GRADUAÇÃO
  Seja bem-vindo(a).
  Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
MatrículaWeb  clique aqui para fazer o login.
 


Período Atual
2018/0


Disciplina - Listagem de Ementa/Programa
Disciplina: 185337 - Comércio Internacional
(Ver Oferta)

Graduação

Curso
Oferta
Telefones
Calendário
Mensagem da SAA
Benefícios DAC


Órgão: IREL - Instituto de Relações Internacionais
Código: 185337
Denominação: Comércio Internacional
Nível: Graduação
Vigência: 1962/1
Pré-req: IREL-187160 Economia Pol Internacional 2
Ementa:

O curso de Comércio Internacional apresenta uma visão abrangente das principais questões econômicas, políticas, sociais, históricas e institucionais presentes nas discussões sobre comércio internacional, em especial: (i) os conceitos de especialização e ganhos de comércio; vantagem absoluta; vantagem comparativa; custos da proteção; determinantes das vantagem comparativa; padrões de especialização; economias de escala, competição monopolística; (ii) efeitos do movimento internacional de produtos e fatores; (iii) a relação entre comércio internacional e desenvolvimento econômico; (iv) a influência do comércio internacional nas economias nacionais e das políticas econômicas no desempenho do comércio exterior; (v) os impactos da administração de diferentes instrumentos de política comercial; (vi) o regime multilateral de comércio: história, princípios e evolução institucional; (vii) a economia política do comércio internacional: a formação das preferências individuais e coletivas em relação à liberalização do comércio; o processo político que permeia a elaboração e a implementação das políticas comerciais nacionais; a montagem do regime multilateral de comércio (GATT/OMC) no pós-Segunda Guerra; o papel dos EUA na construção desse sistema, as resistências dos países em desenvolvimento e o surgimento das economias eminentemente exportadoras; (viii) a evolução recente dos processos de integração regional e sua compatibilidade com o regime multilateral.

Programa:

A questão central que servirá como fio condutor para todo o curso é a relação entre comércio internacional e desenvolvimento econômico. Por que alguns países seguiram estratégias de desenvolvimento centradas no modelo de economia aberta enquanto outros optaram pelo de economia fechada? Quais têm sido os resultados mais comumente associados a esses modelos? Quais são os ganhos e as perdas associadas a cada uma dessas opções, no curto e no médio prazo, estáticos e dinâmicos? Por que ocorrem reversões dessas estratégias, i.e., por que alguns países abrem/fecham suas economias depois de algum tempo? Por que, apesar do relativo consenso entre os economistas de que a proteção comercial prejudica o conjunto dos países no longo prazo, muitos deles continuam optando por essa alternativa? O que se propõe é que a disciplina ajude a capacitar os estudantes, gradualmente, a entender as questões contemporâneas mais complexas da agenda do comércio internacional, partindo da abordagem de conceitos, problemas e processos mais simples e já bastante discutidos na literatura acadêmica. O curso está estruturado em duas unidades, as quais foram organizadas para facilitar a compreensão dos temas. O curso tem início com a apresentação dos conceitos mais relevantes da Economia Internacional, sem os quais não seria possível abordar as questões atuais de maior relevância. Estas, presentes na segunda unidade, envolvem os temas que dividem os países nas rodadas bilaterais, regionais e multilaterais de liberalização do comércio.



Objetivos Específicos:

Ao final do semestre, espera-se dos estudantes aprovados que sejam capazes de:

1. Indicar e discutir os principais fundamentos econômicos das análises do comércio internacional;

2. Apresentar o método de análise da economia política contemporânea e sua aplicação à análise do comércio internacional e das políticas comerciais nacionais;

3. Apresentar os prós e contras das alternativas de política comercial abertas aos países tendo em vista condicionantes econômicos e políticos, domésticos e internacionais;

4. Apresentar analiticamente a evolução do sistema multilateral de comércio no pós-Segunda Guerra, indicando os fatores que explicam a evolução específica do regime multilateral de comércio e seus desdobramentos;

5. Apresentar analiticamente os temas atuais da agenda do comércio internacional: a relação entre comércio e desenvolvimento econômico; o comércio de serviços; a defesa das cláusulas sociais (leis trabalhistas e meio-ambiente); investimento, compras governamentais e defesa da concorrência; regionalismo vs. multilateralismo; imigração;

6. Apresentar analiticamente o papel central desempenhado pela diplomacia comercial dos Estados Unidos ao longo da segunda metade do século XX.

Bibliografia:

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

FERGUSON, N. The Ascent of Money. A Financial History of the World. Penguin Books, London, 2008.

FRIEDEN, J. & LAKE, D. A. International Political Economy. Perspectives on Global Power and Wealth. Routledge, London, 2000.

GILPIN, R. The Political Economy of International Relations. Princeton University Press, 1987.

PIO, C. Economia Política e Globalização. Instituto Brasileiro de Relações Internacionais e Fundação Alexandre de Gusmão. Brasília, 2002.



BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

CINTRA, M. & CARDIM, C. H. (Org.) Seminário O Brasil e a ALCA. Câmara dos Deputados, Brasilia, 2002.

GAMER, R. E. Understanding Contemporary China. Lynne Rienner Publishers, Boulder, CO, 2003.

HORSEFIELD, J.K. The International Monetary Fund, 1945-1965. Twenty Years of Monetary Cooperation. Vol I Chronicle. International Monetary Fund, Washington D.C., 1969.

HUGUENEY F., C. & CARDIM, C. H. (org.) Grupo de Reflexão Prospectiva sobre o MERCOSUL. Ministerio das Relações Exteriores, IPRI/FUNAG, Brasília, 2002.

KENWOOD, A.G. & LOUGHEED, A.L. The Growth of the International Economy, 1820-1980. George Allen & Unwin, London, 1983.

KINDLEBERGER, C. P. Manias, Pânico e Crashes. Editora Nova Fronteira, R. de Janeiro, 2000.

KNUTSEN, T. L. The Rise and Fall of World Orders. Manchester University Press, 1999.

KRASNER, S. D. (ed.) International Regimes. Cornell University Press, 1981.

KRASNER, S. D. Sovereignty. Organized Hypocrisy. Princeton University Press, 1999.

LIST, F. The National System of Political Economy. Longmans, Green and Co., London, 1904.

KRUGMAN, P.R. & OBSTFELD, M. Economia Internacional. Teoría y Política. McGraw-Hill/Interamericana de España. Madrid, 1994.

MOGGRIDGE, D.(ed.) The Collected Writings of John Maynard Keynes. Vol.XXV. Shaping the Post-War World: the Clearing Union. Cambridge University Press, 1980.

NURKSE, R. Problems of Capital Formation in Underdeveloped Countries. Basil Blackwell, Oxford, 1953.

OLSON, M. The Rise and Decline of Nations. Economic Growth, Stagflation, and Social Rigidities. Yale University Press, 1982.

RICARDO, D. Princípios de Economia Política e de Tributação. Fundação Cal. Gulbenkian, 3ª ed., Lisboa.

RIEDEL, J. Trade as the Engine of Growth in Developing Countries, Revisited. Economic Journal, 94 (March 1984), pp.56-73.

ROSTOW, W. W. Theorists of Economic Growth from David Hume to the Present. Oxford Univ.Press, 1990.

SAVASINI, J.A.A.; MALAN P.S.; BAER W. (org.) Economia Internacional (Série ANPEC de Leituras de Economia). Ed. Saraiva, S. Paulo, 1979.

SMITH, A. An Inquiry into the Nature and Causes of the Wealth of Nations. (Fac-simile of the W. Strahan & T. Cadell edition, 1776) Yushodo Booksellers Ltd. Tokyo, 1976.

STRANGE, S. States and Markets. 2ª ed., Pinter Publishers, London, 1994 (1988).

STIGLITZ, J. E. Os Exuberantes Anos 90. Uma Interpretação da Década mais Próspera da História. Companhia das Letras, S. Paulo, 2003.

TUSSIE, D. & GLOVER, D. (eds.) The Developing Countries in World Trade. Policies and Bargaining Strategies. Lynne Rienner Publishers, Boulder, CO, 1993.

© 2017 CPD - Centro de Informática
UnB - Universidade de Brasília