Clique para ir ao início Universidade de Brasília - UnB
Decanato de Ensino de Graduação - DEG
Secretaria de Administração Acadêmica - SAA
MatrículaWeb
GRADUAÇÃO
  Seja bem-vindo(a).
  Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
MatrículaWeb  clique aqui para fazer o login.
 


Período Atual
2016/1


Disciplina - Listagem de Ementa/Programa
Disciplina: 136841 - Seguridade Social 2 - Saúde
(Ver Oferta)

Graduação

Curso
Oferta
Telefones
Calendário
Mensagem da SAA
Benefícios DAC


Órgão: SER - Departamento de Serviço Social
Código: 136841
Denominação: Seguridade Social 2 - Saúde
Nível: Graduação
Vigência: 2002/1
Pré-req: SER-136484 POLITICA SOCIAL
Ementa:

Análise histórica das políticas de saúde: determinantes políticos, sócio-econômicos, ambientais e institucionais, no âmbito da relação Estado e Sociedade. As políticas de saúde no contexto da Seguridade Social: interfaces com a Previdência e Assistência Social. Processo de saúde/doença e o campo de ação do Serviço Social; vulnerabilidades de segmentos específicos, objetos da ação profissional. A contribuição do Serviço Social na produção e no redimensionamento do conhecimento teórico-prático das políticas de saúde.



Programa:

Bloco 1 - Conceitos e Termos da Saúde Coletiva

· Aula 1 - Apresentação e conceitos

Saúde

Determinantes

Condicionantes

Morbidade

Mortalidade

Epidemiologia

Coeficiente

Incidência

Prevalência

Situação de Saúde

Medicalização

Cuidados Primários

· Aula 2 - Necessidades x Demandas de Saúde e Declaração de Alma - Ata

Desafio para o SUS e educação popular em saúde (Eduardo Stotz) até a pg. 6

Declaração de Alma - Ata

· Aula 3 - Promoção de Saúde

Carta de Otawa

· Aula 4 - Ciências Sociais e Ciências da Saúde

As ciencias sociales y la salud: um diverso y mutante campo teórico (Revista Ciência e Saúde Coletiva 2003 vl)

Bloco 2 - Saúde e Sociedade

· Aula 5 - Medicalização da Saúde

A expropriação da saúde (Ivan Illin)

· Aula 6 - Caráter social do processo saúde-doença

A saúde - doença como processo social (Amélia Cohn)

· Aula 7 - Medicina Científica x Medicina Comunitária - Modelo Assistencial

Biomédico x Preventista

A evolução da prática médica e suas implicações (Eugênio Vilaça)

Trabalho de campo: socialização do nome da instituição e respectivo setor a ser pesquisado por cada dupla.

Bloco 3 - Seguridade Social e Reforma Sanitária

· Aula 8 - Notas sobre o papel do Estado no desenvolvimento, na proteção social e na política pública.

Tese Cristini Machado

· Aula 9 - Reforma Sanitária e Construção do SUS

A saúde do estado Nacional do Brasil

· Aula 10 - Reforma Sanitária e Construção do SUS

As origens da Reforma Sanitária e o SUS

· Aula 11 - Reforma Sanitária e Construção do SUS

Reforma Sanitária e Promoção de Saúde: uma possibilidade emancipatória

Bloco 4 - SUS

Principais tópicos:

- Princípios e diretrizes (Lei 8080/90)

- Questões estruturantes do SUS

- Lógica Assistencial (sistema de referência e contra-referência)

- Financiamento

- Instâncias Colegiadas (CIT, CIB, CONAS, CONASEMS, CNS, CES, CCMS)

- Principais agendas: PSF/territorialidade, Descentralização, SIDA; novas agendas: Educação em saúde e CT&I/S)

· Aula 12 - Arcabouço Jurídico do SUSSanitária e Construção do SUS

Tese Cristini, Lei 8080/90 e 8142/90

· Aula 13 - Setor Saúde

Financiamento federal e gestão local de políticas sociais: o difícil equilíbrio entre regulação, responsabilidade e autonomia (Revista Ciência e Saúde Coletiva 2003 vl)

· Aula 14 - Financiamento do SUS

O financiamento do SUS: trajetória, contexto e constrangimentos (Revista Ciência e Saúde Coletiva 2003 vl)

· Aula 15 - Eqüidade em Saúde

Eqüidade na gestão descentralizada do SUS: desafios para a redução de desigualdades em saúde (Revista Ciência e Saúde Coletiva 2003 vl)

· Aula 16 - PSF

Entrega do trabalho de campo

Bloco 5 - a área de saúde enquanto um espaço de atuação do Assistente Social

- Palestra duas assistentes sociais: o Assistente Social na gestão e na assistência

- Diagnóstico Situacional: discussão em classe sobre a atuação do assistente social a partir das problematização dos reais obstáculos do SUS.

· Aula 17 - Palestra com Maria Cristina Lobo (Ministério da Saúde)

· Aula 18 - Palestra com Juliana Petrocceli (Ministério do Desenvolvimento Social)

· Aula 19 - Exercício Prático com base no diagnóstico da "cidade da esperança"

· Aulas Seguintes - apresentação dos trabalhos de campo (15 minutos para cada dupla)

Bibliografia:

CASTRO, Ma. HELENA GUIMARAES PARANA

"CONFLITOS E INTERESSES NA IMLEMENTACAO DA

REFORMA DA POLITICA DE SAUDE", SAUDE EM

DEBATE, No. 35 pp. 15-21. CEBES 1992

COHN, AMELIA & OUTROS SAO PAULO

A SAUDE COMO DIREITO E COMO SERVICO. CORTEZ/CEDEC 1991

FLEURY, SONIA SAO PAULO

SAUDE: COLETIVA? QUESTIONANDO A ONIPOTENCIA

DO SOCIAL. ED. HUCITEC 1992

GIACOMINI, CARLOS HOMERO PARANA

"A SIOCIEDADE CIVIL E A GARANTIA DO PROCESSO

DE REFORMA SANITARIA", SAUDE EM DEBATE, No. 33. CEBES 1991

LUZ, MADEL T. PARANA

NOTAS SOBRE AS POLITICAS DE SAUDE NO BRASIL

DE " TRANSICAO DEMOCRATICA " ANOS 80, SAUDE

EM DEBATE, No. CEBES 1992

MENDES, EUGENIO VILACA (ORG) SAO PAULO/RIO DE JANEIRO

DISTRITO SANITARIO: O PROCESSO SOCIAL DE

MUDANCA DAS PRATICAS SANITARIAS DO SIS-

TEMA UNICO DE SAUDE. HUCITEC/ABRASCO 1993

MINISTERIO DA SAUDE SECRETARIA BRASILIA

NACIONAL DE ASSISTENCIA A SAUDE

ABC DO SUS - DOUTRINAS E PRINCIPIOS 1990

MINISTERIO DA SAUDE SECRETARIA BRASILIA

NACIONAL DE ASSISTENCIA A SAUDE

LEI ORGANICA DA SAUDE 1990

© 2016 CPD - Centro de Informática
UnB - Universidade de Brasília