Clique para ir ao início Universidade de Brasília - UnB
Decanato de Ensino de Graduação - DEG
Secretaria de Administração Acadêmica - SAA
MatrículaWeb
GRADUAÇÃO
  Seja bem-vindo(a).
  Para ter acesso ao menu de Aluno, faça o login.
MatrículaWeb  clique aqui para fazer o login.
 


Período Atual
2017/2


Disciplina - Listagem de Ementa/Programa
Disciplina: 124575 - PERCEPCAO
(Ver Oferta)

Graduação

Curso
Oferta
Telefones
Calendário
Mensagem da SAA
Benefícios DAC


Órgão: PPB - Departamento de Processos Psicologicos Básicos
Código: 124575
Denominação: PERCEPCAO
Nível: Graduação
Vigência: 1962/1
Pré-req: Disciplina sem pré-requisitos
Ementa:

Propriedades de estímulos e seu processamento pelos sistemas sensoriais. Sensações básicas nas diferentes modalidades sensoriais. Fenômenos perceptuais simples e complexos. Introdução às teorias, leis e métodos experimentais psicofísicos.

Programa:

UNIDADE 1 - INTRODUCAO

UNIDADE 2 - VISAO

UNIDADE 3 - AUDICAO

UNIDADE 4 - OS SENTIDOS DA PELE

UNIDADE 5 - OS SENTIDOS QUIMICOS

UNIDADE 6 - OS SENTIDOS INTERNOS

UNIDADE 7 - AREAS DE APLICACAO

Bibliografia:

Bibliografia básica



Schiffman, H. R. (2005). Sensação e Percepção. Rio de Janeiro: LCT.

Feitosa, M. A. G. (1996). Teoria e métodos de pesquisa em psicofísica. Em L. Pasquali (Org.), Teoria e métodos de medida em ciências do comportamento (pp. 43-72). Brasília: INEP/UnB.

Schiffman, H. R. (2000). Sensation and perception. An integrated approach. New York: John Wiley.



Bibliografia complementar para seminários



Artigos de pesquisa de diferentes periódicos científicos, escolhidos com participação dos alunos.



Lent. R. (2002). Cem bilhões de neurônios: Conceitos fundamentais de neurociência. Rio de Janeiro: Atheneu.

Romero, Sonia M. B. (2000). Fisiologia sensorial: uma abordagem comparativa. Arquivos Brasileiros de Psicologia, 52 (2), 37-50.

Brust, J. C. M. (2000). A prática da neurociência. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso (Eds.).

Feitosa, M. ª G. (2000). Envelhecimento sensorial: A pesquisa básica e implicações para qualidade de vida (no prelo).

Hugues, H. C. (1999). Sensory Exotica. A world beyond experience. Cambridge, Ma: The MIT Press.

Pedrosa, I. (1982). Da cor à cor inexistente. Brasília: Editora Universidade de Brasília.

Roederer, J. G. (1998). Introdução à física e psicofísica da música. São Paulo: EDUSP.

Sacks, O. (1995). Um antropólogo em Marte. Caps.: " O caso do pintor com cegueira para cores" e " Ver e não ver".

© 2017 CPD - Centro de Informática
UnB - Universidade de Brasília